O Coral São Francisco de Sales, de Rio Engano, Alfredo Wagner,
reconduziu para mais um mandato de dois anos a sua atual Diretoria.
A solenidade ocorreu no dia 12 de outubro último, iniciando-se com uma
bela missa em honra a Nossa Senhora Aparecida, celebrada pelo Pe.
Marino Loffi
e acompanhada pelos corais “São Francisco de Sales”, “Bom Jesus”, da
Igreja Matriz, “Santa Thereza”, de Catuíra, e pela regente Elza Bunn
Varela, de Bom Retiro, que trouxe três crianças violinistas, alunas
suas: Emilly Bonin de Matos , João Pedro Correa Boell e João Vitor
Pereira da Maia. Dirigiu o grande coro o maestro Juliano Norberto
Wagner.
Após a celebração, a Secretária reempossada do Coral São Francisco de
Sales, Sra. Eunice Franz Wagner, pediu a atenção de todos para que se
procedesse à abertura da sessão de Posse, feita pela Presidente
Lucinei Lopes da Luz. À mesa de honra, ladeada pelo Prefeito
Municipal, Sr. Nivaldo Wessler, pelo seu Regente Juliano Wagner e
pelos seus colegas Rosilane Weirich Hasckel e Antônio Luiz Martins,
presidentes dos corais Santa Thereza e Bom Jesus, respectivamente, e
tendo à frente os coralistas e alguns membros da comunidade, Lucinei
reiterou seu compromisso de honrar o cargo e
de agir condignamente, visando ao bem da Entidade que coordena.
Mantendo a tradição instituída pelo Regente Juliano Wagner, que se
inspirou no coro de vozes masculinas do qual participou, na Alemanha,
houve a colocação da faixa com as cores do Coral São Francisco de
Sales – lilás e branco – sobre o ombro da presidente, pelas mãos do
Prefeito Nivaldo Wessler. Segundo Wagner, a faixa não representa poder
e soberania, mas sim subserviência da Presidente em relação ao grupo:
“Ao carregar as cores da instituição estendidas sobre seu peito, a
presidente Luci está expressando servidão, submissão perante o Coral
que administra, pois coloca acima de si a Entidade, representada pela
faixa com as cores que a simbolizam.” – afirmou o Regente.
A última parte da sessão foi marcada pelos pronunciamentos. A
presidente clamou sua equipe, composta por Eunice Franz Wagner,
secretária; Benta Hüntemann da Silva, tesoureira e Osvandir Nelço da
Silva, diretor patrimonial, a continuarem trabalhando juntos para
manter vívido o coral e, consequentemente, a cultura no distrito de
Rio Engano. Prestou contas de sua administração e relembrou as
conquistas de sua Diretoria: viagens (Rio do Sul, Agrolândia,
Piratuba, etc.), apresentações, promoção do encontro de corais – dia
4/6, realização da Festa Junina, transformação do Coral em associação,
dentre outras. Ressaltou que conseguiu alcançar seus objetivos graças
à valiosa cooperação do grupo. Agradeceu, outrossim, ao Prefeito pelo
apoio que tem dado ao seu e aos demais corais, e ao Regente, pelo seu
trabalho voluntário e desprendido. Sucedeu-a na fala o Sr. Antônio
Martins, que a parabenizou e manifestou seu contentamento pela
existência dos corais e por sua união. Juliano Wagner, ao fazer uso da
palavra, destacou as virtudes da Presidente e de sua Diretoria e
expressou o seu
agradecimento pelo incentivo que tem recebido da Municipalidade: “Devo
aqui deixar registrado que, até o presente momento, nunca obtive como
resposta a palavra ‘não’ quando procurei o Prefeito para tratar de
assuntos relacionados à cultura e aos corais.
Ao contrário, temos podido contar com a colaboração e generosa ajuda
provenientes da Prefeitura.”. O Prefeito Formiga, durante seu
discurso, enalteceu o trabalho do jovem Juliano Wagner, considerando-o
um dos sustentáculos da cultura alfredense. Mencionou a sua
participação em diversas atividades promovidas pela Prefeitura
declarando que o Regente, muitas vezes, tem exercido o papel de seu
conselheiro.
Encerrada a cerimônia, todos os presentes foram recepcionados com um
jantar, no Ginásio Comunitário, zelosamente feito pela coralista
Roseleti Küster Muniz e pelas cantoras do Rio Engano.

Posted in Sem categoria

Deixe um comentário sobre a notícia!