Tomou posse na tarde desta terça-feira, 21, como moderador do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Primeira Instância o bispo auxiliar da arquidiocese e vigário da Região Episcopal Santana, dom Sérgio de Deus Borges.
Imagem inline 2
Esteve presente na cerimônia o moderador de Segunda Instância, cardeal dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano, o bispo auxiliar da arquidiocese e vigário da Região Lapa, dom Júlio Endi Akamine, o vigário judicial, cônego Martin Segú Girona, e demais autoridades do tribunal.
“Falar de Direito Canônico, falar de Tribunal Eclesiástico é falar de fé. Porque aqui é um lugar de fé. O direito canônico encontra, na verdade da fé, o seu fundamento e seu próprio sentido”, destacou dom Sérgio durante a cerimônia de posse.
O bispo relembrou as palavras do papa emérito Bento 16, na qual ele diz “o direito eclesial, não é só um conjunto de normas conduzidas pelo legislador eclesial para este especial corpo que é a Igreja de Cristo”.
Dom Sérgio, ainda destacou que uma das missões do moderador é “trabalhar para que a ação institucional da Igreja nos tribunais seja mais acessível aos fiéis”, e parabenizou o tribunal pela boa estrutura que possui o que, na visão do bispo, colabora ainda mais para o a bom andamento dos trabalhos.
Em sua fala o vigário judicial agradeceu ao cardeal dom Odilo Pedro Scherer pelo seu empenho durante os anos em que foi moderador das duas instâncias. Para o conêgo Segú, o cardeal sempre atendeu as solicitações do tribunal e mostrou-se zeloso.
Ao saudar dom Sérgio, o cônego destacou a experiência do bispo que, outrora, já foi juiz do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Londrina, e destacou que toda equipe de Primeira Instância do Tribunal esta a disposição e recebem ao bispo “jubilosos e de braços abertos”.
O Cardeal explicou que é preciso perceber as ações do Tribunal Eclesiástico para além de ,era administração, ou de mera prática burocrática da justiça, pois a justiça eclesiástica tem, segundo dom Odilo, sua inspiração no serviço Pastoral.

Posted in Sem categoria

Deixe um comentário sobre a notícia!