A Kombi, veículo mais antigo em produção no Brasil e no mundo, vai se despedir do mercado brasileiro de "saia e blusa", como é conhecida a versão pintada em duas cores. Para o adeus da perua de quase 56 anos, a Volkswagen deve lançar em outubro uma série especial parecida com a versão que comemorou seu cinquentenário em 2007, nas cores vermelha e branca.

Leia também: A velha ‘perua’ Kombi faz 55 anos. No Brasil

O preço deverá ficar entre 42.000 e 45.000 reais. A Kombi Edição 50 Anos teve apenas 50 unidades produzidas. A Volkswagen não dá detalhes sobre a edição final e emitiu o seguinte comunicado: "A Kombi continua em produção normalmente na fábrica da Anchieta e mantém um bom desempenho de vendas dentro do segmento de veículos comerciais leves. Em 2014, a nova legislação brasileira obrigará que todos os veículos produzidos no Brasil sejam equipados com airbags frontais e freios ABS. Com relação a Kombi dentro desse novo contexto, a Volkswagen do Brasil não comenta assuntos estratégicos de sua linha de produtos."

Apesar da idade, a Kombi ainda é o furgão mais vendido do país. Neste ano, até junho, foram 10.925 unidades, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Em 2012 inteiro foram 26.000 unidades. O segundo colocado na lista de furgões mais vendidos, o Fiat Ducato, acumula 5.061 unidades no primeiro semestre deste ano. A Kombi sai de linha porque não tem estrutura para receber airbag, item de segurança que, junto com o freio ABS, passam a ser obrigatórios em todos os novos veículos a partir de janeiro de 2014.

Um dos primeiros comerciais da Kombi na Alemanha:

(Com Estadão Conteúdo)

Posted in Sem categoria

Deixe um comentário sobre a notícia!