Klaibson Natal Ribeiro Borges – klaibson

Sempre que algum político ou algum empresário fala em desenvolvimento da cidade Alfredo Wagner, geralmente falam numa grande indústria ou empresa vindo para a cidade de Alfredo Wagner. Além de gerar poucos empregos, geralmente esses empreendimentos pedem isenção fiscal e doação de um terreno para construção. Vamos pegar o exemplo da GM, que vai se instalar em Joinville, que vai ocupar um espaço de 50 mil m² e vai empregar 350 pessoas.

Poderemos pegar um exemplo de uma pequena cidade francesa chamada Chamonix, que fica na tríplice fronteira França/Itália/Suiça, aos pés dos Alpes Franceses. Essa cidade tem um população de 9500 pessoas e recebe anualmente mais de 100 mil turistas, vindo de diversas partes do mundo. Detalhes em http://www.neve.com.br/destinos/europa/chamonix

Essa cidade tem como atrações o vinho, a tranquilidade do interior, o clima romântico, passeios de bondinhos e os alpes.

Temos algumas similaridades com essa cidade, temos uma população com menos de 10 mil pessoas, estamos nos pés da Serra Geral, temos em nossa área territorial o Campos dos Padres e Campos da Santa Bárbara, clima temperado e a tranquilidade do interior.

Um turista médio na França gasta em média dia US$ 424,29 e ficam em média uma semana, andando pelos pontos turisticos do país. Considerando o valor do dólar R$ 2,00 para cada dólar.

Já no Brasil, o turista nacional e estrangeiro gastam em médio US$ 300,00 e também ficam em média uma semana, tendo como principais destinos as cidades do Rio de Janeiro e Salvador.

Onde quero chegar com esse papo todo, se conseguíssemos atrair apenas 10% dos turistas que Chamonix atrai, com várias similaridades que temos com essa cidade e com o gasto médio do turista no Brasil, 300 dólares, vou fazer um cálculo simples:

Média de Turistas Por Ano 10.000
Gasto Médio em US$ 300
Total de Dias Média 7
Faturamento Total em US$ 21.000.000

Impossível? Não, sendo que o cálculo de turistas numa cidade ou região geralmente é o dobro da população, Balneário Camboriú tem população de 70 mil pessoas e na alta temporada tem 1 milhão de turistas nacionais e estrangeiros. Então teríamos a média de 1 turista por morador de Alfredo Wagner e convertendo esses valores para nossa moeda teríamos R$ 42 milhões em receita por ano.

Me perguntam onde esse turista gastaria tanto dinheiro por dia:

• Alimentação

• Hospedagem

• Lembranças

• Locomoção

• Festas

• Gastos diversos

Vamos imaginar que os turistas não fiquem tanto tempo e nem gastem tanto o quanto orçado:

Média de Turistas Por Ano 3000
Gasto Médio em US$ 200
Total de Dias Média 4
Faturamento Total em US$ 2.400.00

Ou convertendo esses valores para nossa moeda teremos o valor de R$ 4.800.000,00, que certamente faria uma grande diferença em nossa cidade.

Detalhe, isso sem incentivo fiscal, sem doação de terreno e sem muito investimento. Apenas um investimento em infraestrutura (sinal de celular, internet, estradas, eletricidade, segurança, entre outros), que todos os moradores sairão ganhando. Também existe investimento em marketing, mas certamente esse valor retornará em impostos e investimentos do setor público.

Posted in Sem categoria