A maior rede social do planeta ficou indisponível hoje por pouco mais de 30 minutos. Os internautas que tentavam acessar o Facebook encontravam a seguinte mensagem: “Desculpe, algo deu errado. Nós estamos trabalhando para corrigir isso o mais rápido possível” (tradução nossa). Trata-se do maior apagão do Facebook em quatro anos. E o mais interessante é que você nem sequer percebeu, pois estava dormindo.

Os serviços do Facebook ficaram indisponíveis a partir das 4h53 (Horário de Brasília), voltando a funcionar somente às 5h24.

“Ah Thás, mas quem se importa?” Bom, hoje em dia o Facebook possui mais de 1 bilhão de cadastros. Além disso, o login social dele é usado para o acesso a uma penca de outros aplicativos e serviços, como o popular app de paquera (!) Tinder.

O efeito aqui no Brasil foi mínimo, mas pode pesquisar pelo assunto na internet: muitas pessoas que estão alguns fusos à frente do nosso reclamaram da situação. A saber: Reino Unido, Holanda, Tailândia, Hong Kong, Japão e Austrália.

Quem mais sofreu foram os sites de notícias. Conforme as redes sociais ganham importância no cotidiano matinal das pessoas, é justamente neste período que alguns jornais e revistas publicam as reportagens mais relevantes do dia, para em seguida compartilhar com os fãs no Facebook. O Guardian, da Inglaterra, chegou a publicar o gráfico abaixo. Repare como o número de leitores vindos da rede social despencou conforme se aproximava das 9h no Reino Unido.

Guardian - Gráfico do Facebook

Curiosamente, os internautas que deram com os burros n’água correram para outros sites sociais. O Twitter em particular deve estar celebrando o aumento da audiência neste período.

Guardian - Gráfico do Twitter

Há boatos de que até o Google+ ficou um pouco mais movimentado durante o período.

 

Depois de todo o problema, representantes do Facebook vieram a público pedir desculpas. Eles também disseram que o funcionamento do serviço foi completamente restaurado. Os motivos da queda da rede social não foram revelados.

 

Posted in Sem categoria