Regional da CNBB lança comunicado condenando Dilma, Marina e mais 8 partidos.

28SET

Regional da CNBB lança comunicado condenando Dilma, Marina e mais 8 partidos.

O Regional Sul I da CNBB acaba de divulgar um panfleto no qual condena a postura de 9 partidos políticos brasileiros que se comprometeram com a legalização do aborto em seus estatutos. O documento, intitulado “Eleições 2014: Em defesa da Vida ou a favor do Aborto”, orienta os católicos a não votarem nestas legendas, sob pena de estarem fazendo uma “opção política imoral”. São os partidos citados:

PT – PSOL – PPS – PV – PSTU – PCO – PCdoB – PDT – PCB

Apesar de não ter seu partido na lista, a presidenciável Marina Silva, atualmente no PSB (Partido Socialista Brasileiro), também foi acusada de colaborar com o avanço do aborto no país. Segundo o texto, a opção de propor um plebiscito sobre o tema, posição da candidata socialista, é “um absurdo” já que “ninguém gostaria que seu direito de viver dependesse de um plebiscito”. O texto relembra, ainda, a postura radical da dep. Luíza Erundina, chefe de campanha de Marina, que, quando prefeita de São Paulo, implantou o aborto na rede pública de saúde da capital paulistana.

Nas últimas eleições presidenciais, o aborto foi um dos temas candentes da campanha. Segundo analistas políticos, a eleição só não foi resolvida em primeiro turno, porque a candidata que liderava as pesquisas de então, Dilma Roussef (PT), enfrentou forte resistência de setores religiosos da sociedade que questionavam sua postura favorável ao aborto. O questionamento mais vigoroso veio por parte da Igreja Católica, que, por meio desse mesmo Regional da CNBB, orientou seus fiéis a não votarem na candidata petista.

O texto está assinado pelos representantes das dioceses da região Sul I e pelo presidente desta seção, o Bispo de Santo André, Dom José Benedito Simão.

Posted in Sem categoria