20150810184851_660_420.jpg

Por que cidades inteligentes conseguem ser mais seguras?

POR REDAÇÃO OLHAR DIGITAL EM 10/08/2015 ÀS 18H08

O conceito de cidade inteligente tem se espalhado rapidamente pelo Brasil e, à medida que isso ocorre, aumenta a quantidade de municípios que contam com sistemas tecnológicos capazes de dar mais agilidade aos processos e mais segurança para os cidadãos.

As cidades inteligentes têm, como um de seus princípios, o estabelecimento de redes integradas de monitoramento urbano. Isso se faz com instalação de equipamento especializado e mediante à implantação de centrais operacionais. Foi o que ocorreu, por exemplo, em Laguna, cidade litorânea a pouco menos de 200 quilômetros de Florianópolis, capital de Santa Catarina.

O uso de equipamentos de vigilância eletrônica surge como uma alternativa para aumentar a eficiência da polícia no combate e prevenção de crimes, otimizando o investimento em segurança pública. Com cidadãos protegidos a imagem das cidades melhora e elas costumam atrair mais investimentos e turistas.

Há cerca de dois anos, Laguna foi coberta por câmeras IP conectadas a mais de 20 rádios outdoor. O equipamento, fabricado pela Intelbras, serve para estabelecer a comunicação entre o sistema de monitoramento e o Centro de Controle Operacional, de onde as autoridades conseguem acompanhar o que acontece em vários pontos diferentes com facilidade.

Na cidade, a implantação demandou o uso de apenas quatro antenas, colocadas em locais estratégicos visando maior eficiência e economia. Aliás, a escolha por um sistema de rádio se deu justamente devido à economia e à facilidade de instalação, uma vez que no esquema tradicional seria necessário conduzir um projeto de cabeamento em fibra óptica – o que não seria viável em Laguna, que já contava com um sistema parcial de videomonitoramento compatível com o rádio outdoor.

A infraestrutura facilitada é a principal vantagem dos sistemas de rádio para ambientes externos, que, dependendo do equipamento, conseguem entregar taxas de transferência e processamento comparáveis às dos produtos via fibra.

Enviado com MailTrack
40e7e786f7dec07daba4b4b30af1a932083559eb.png

Posted in Sem categoria