Chuvas torrenciais sobre o município de Alfredo Wagner colocam População em alerta.
Chuvas torrenciais sobre o município de Alfredo Wagner colocam População em alerta.

As chuvas de setembro surpreenderam meteorologistas que previam uma média para o mês de 140, 160 mm. Todo Estado de Santa Catarina está sendo castigado pelas chuvas e não seria diferente com a Capital Catarinense das Nascentes. No momento em que escrevo, a umidade está em 94 %, segundo o site Climatempo. Ao longo do dia este índice poderá sofrer alteração,
Hoje a previsão é de chuva moderada a forte, entre 80 a 100 mm com picos de 120mm entre o meio-oeste e o litoral.
Continuam também riscos de temporal com raios e granizos esporádicos e esparsos.
Aqui em Alfredo Wagner diversas barreiras deslisaram. Os Rios Adaga, Águas Frias, Caeté, Itajaí do Sul, subiram até extravasar em diversos pontos como no Saltinho onde as águas do Itajaí levaram a ponte, segundo algumas informações recebidas por telefone.
A situação, porém, está sobre controle, não havendo, até o momento, comunicação de vitimas ou danos a patrimônio particular.
Na Rodoviária acaba (9:23hs) de chegar o ônibus que segue para Lages e o motorista nos informa que ha 4 barreiras no trajeto de Florianópolis a Alfredo Wagner, tornando a viagem mais lenta e perigosa.
A Defesa Civil estadual faz o que pode… Desde que a transformaram em Secretaria o órgão não tem mais liberdade para agir sem receber as bênçãos dos caciques políticos, dificultando e atravancando o trabalho que antes era ágil e competente.
O site http://diariocatarinense.clicrbs.com.br de onde extraimos o gráfico abaixo afirma sem meias palavras: o pacote de obras da Defesa Civil ainda está longe de sair do papel.
Enquanto isso, é necessário optar pela prevenção e o mesmo site nos apresenta um ótimo resumo do que fazer:

Posted in Sem categoria