Chuva afeta 22 mil pessoas em SC e pelo menos sete estradas seguem interditadas

As duas semanas de instabilidade deixaram três mortos e 1.126 pessoas desalojadasFacebook

Chuva afeta 22 mil pessoas em SC e pelo menos sete estradas seguem interditadas Felipe Carneiro/Agência RBSCasas ficaram debaixo d’água em Rio do SulFoto: Felipe Carneiro / Agência RBS

O número de cidades afetadas pela chuva desde o dia 8 de outubro em Santa Catarina segue crescendo. Apenas na última quinta-feira, 16 novos municípios registraram danos à Defesa Civil estadual.

Nesta sexta-feira, no entanto, a situação começa a se normalizar com uma trégua nas chuvas e a diminuição do nível do Rio Itajaí-Açu. Até as 8h30min desta sexta, cerca de 5,5 mil unidades consumidoras estavam sem abastecimento de energia elétrica, segundo a Celesc. No auge da chuva da última quinta-feira, o número chegou aos 200 mil.

Sexta-feira tem chuva fraca e aberturas de sol em SC
Rio Itajaí-Açu se estabiliza e dá esperanças para moradores de Rio do Sul

Segundo o último relatório divulgado pela Defesa Civil, na manhã desta sexta-feira, 91 cidades já haviam sido atingidas pela chuva. 22.301 pessoas foram afetadas e, pelo menos, 1.126 ficaram desalojadas e mil desabrigadas. Abrigos municipais foram abertos em diversas cidades do Estado. Nesta sexta-feira, quase 800 pessoas ainda estavam em abrigos apenas em Rio do Sul.

O temporal desta quinta-feira também afetou várias estradas de Santa Catarina. Segundo a PRF, a BR-116, no Meio-Oeste, está bloqueada na Serra do Espigão, e a liberação das pistas nos dois sentidos só deve ocorrer no fim do dia.

No km 95 da BR-280, na altura do município de Corupá, no Norte do Estado, segue interditada depois de uma queda de barreia. Também está fechada o km 152 da BR-470, no município de Agronômica, devido a grande quantidade de água na pista.

Nas SCs pelo Estado um dos grandes problemas é a água que ainda segue na pista. Isso ocorre no km 16,8 da SC-427, em Taió, e no km 124,3 na SC-114, em Salete. O mesmo acontece em Trombudo Central, no km 162 da SC-112, a caminho de Agrolândia, e no km 178 da SC-281, no sentido Braço do Trombudo.

Em duas semanas, nove cidades decretaram situação de emergência. Lebon Regis, Itajaí, Papanduva, Ituporanga, Agronômica, São Cristóvão, Quilombo, Angelina e Celso Ramos tentam a confirmação do decreto para pleitear verbas de reconstrução com menos burocracia e de forma mais rápida.

Ao todo, as últimas duas semanas registraram três óbitos relacionado à chuva e 5.030 residências danificadas pelos fortes ventos ou granizo.

DIÁRIO CATARINENSE

07dd6ba6e27e6f1ba6b4b718870db9cc432edc68.png

Posted in Sem categoria