Brasileiro bêbado bate o carro e danifica ponte que sobreviveu à bomba nuclear no Japão
Policial

Brasileiro bêbado bate o carro e danifica ponte que sobreviveu à bomba nuclear no Japão

Um brasileiro de 30 anos foi preso por dirigir embriagado em Hiroshima (capital da província de mesmo nome), informou a Nippon Terebi nesta terça-feira (2).

Segundo a reportagem, Carlos Eduardo Dias de França Takiguchi, residente em Kaita (Hiroshima), bateu o carro que dirigia na balaustrada da ponte histórica Kojin, remanescente da explosão da bomba atômica lançada pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, em 1945.

Com o impacto do acidente, que ocorreu por volta das 5h50 do último domingo, cerca de 6 metros da balaustrada de concreto se desprendeu da ponte e caiu em um rio que passa por baixo.

O brasileiro chegou a fugir do local, mas voltou meia hora depois e foi preso. Um exame constatou que ele tinha ingerido uma quantidade de álcool três vezes maior que o mínimo permitido pela legislação de trânsito.
Segundo a Nippon Terebi, a prefeitura de Hiroshima está analisando como vai restaurar a parte danificada da ponte. Uma grade de ferro foi colocada provisoriamente no local.

A ponte Kojin tem 80 metros de comprimento e foi construída em 1939. Fica a cerca de dois quilômetros do local onde a bomba atômica caiu e sua estrutura resistiu ao impacto da explosão.

Deixe um comentário sobre a notícia!