Praia do Santinho, no Norte da Ilha. Foto: Mauren Rigo/Secom
Um balanço parcial da temporada de verão aponta para uma temporada movimentada em Santa Catarina. Segundo dados do Governo do Estado, até o momento, circularam pelo estado cerca de 5,5 milhões de turistas, incluindo catarinenses, estrangeiros e pessoas de outros estados do Brasil. A Operação Veraneio registrou 39 mil ocorrências policiais, de dezembro de 2015 a janeiro de 2016, 4,5% a menos em relação ao ano passado, e 177 afogamentos em água doce e salgada.
Os turistas estrangeiros são, principalmente, da Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai. Já os nacionais são do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Eles são os responsáveis pela ocupação hoteleira do Litoral entre 80% e 100%, em média. Somente no Réveillon, a ocupação chegou a 97% e, ao longo de janeiro, a média foi de 85%.
Na Serra, a ocupação foi de quase 100% na rede hoteleira nas festas de fim de ano, com destaque para a presença de norte-americanos e alemães. Em janeiro, a média chegou a 70%. Na região de águas termais, a exemplo de Piratuba e Itá, que foram grandes destaques na ocupação, com 100% nas duas primeiras semanas de janeiro.
“O que faz de Santa Catarina um estado tão especial é o conjunto formado pelas belezas naturais, variedade cultural e as diferentes experiências proporcionadas aos turistas. Este ano, todas as regiões turísticas do Estado estão recebendo um grande número de visitantes que estão curiosos para conhecer toda essa riqueza. Por isso, consideramos essa temporada um sucesso”, afirma o secretário estadual de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello.

Deixe um comentário sobre a notícia!