Noite de Natal durante a Primeira Grande Guerra em 1914.
Ênio José Toniolo: A confraternização de Natal custou caro: “Durante o inverno de 1914, as trincheiras foram palco de fatos impressionantes. Em vários pontos das frentes houve confraternização entre franceses, alemães, russos, austriacos e ingleses. (…) Manifestações desse tipo eram fortemente reprimidas, e vários soldados aliados e alemães foram fuzilados.”
(PASTORE, Fortunato. O primeiro ano. In: MESQUITA, Julio. A guerra (1914-1918). São Paulo: Editora Terceiro Nome, 2002. v. 1, p. 49 e 50.)

Deixe um comentário sobre a notícia!