A Assembleia Legislativa de Santa Catarina registra com pesar a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki. Catarinense de Faxinal dos Guedes, Teori tinha 68 anos e foi vítima de um acidente aéreo na tarde desta quinta-feira (19), em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro.

O Parlamento estadual apresenta suas condolências aos familiares deste catarinense, que se destacou recentemente como um dos principais nomes da Magistratura Brasileira, graças ao seu trabalho ético e técnico à frente da relatoria da Operação Lava Jato no STF.

O ministro era formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, mestre e doutor em Direito Processual Civil pela mesma instituição. Desenvolveu sua carreira como professor universitário e juiz de Direito no Rio Grande do Sul, com passagens pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), onde foi presidente.

Chegou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2003. Em 2012, foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff para o STF, onde exercia a Presidência da 2ª Turma e era relator dos processos da Operação Lava Jato.

Lucio Baggio
Sala de Imprensa – Assembleia Legislativa de Santa Catarina
(48) 3221.2621

Deixe um comentário sobre a notícia!