Cansados de esperar pelo Estado, agricultores constroem 33 kms de estrada privada

Cansados de esperar pelo Estado, sojicultores da região médio-norte de Mato Grosso resolveram construir uma estrada privada para escoar suas safras. A transformação em estrada asfaltada de 33 quilômetros da rodovia estadual MT-388 que separa os municípios de Campos de Júlio e Nova Lacerda custou R$ 25 milhões e foi uma iniciativa da Associação dos Produtores da 388.

A situação inicial da rodovia era precária. Durante o período das chuvas, caminhões e carretas costumavam ficar parados em alguns dos principais trechos da MT-388 em função dos atoleiros. Acidentes sempre foram uma constante, assim como os elevados prejuízos contabilizados por caminhoneiros e outros usuários da antiga estrada.

Tendo os primeiros 33 quilômetros construídos com 100% da verba vinda dos produtores, as cobranças recaem sobre o governo do estado, que havia prometido asfaltar os 33 quilômetros restantes da estrada, mas pediu um novo estudo sobre este trecho, que já foi feito, novamente por iniciativa dos produtores rurais privados, e custou R$ 450 mil.

Segundo um dos agricultores de Campos de Julio (MT), Tiago Comiram, que participa dos pagamentos e de todo o processo, sem a estrada pronta a ampliação da atual safra do município de 700 mil toneladas fica comprometida. “Essa rodovia pronta reduzirá os custos com transporte para nós”, garante ele.

Deixe um comentário sobre a notícia!