Uma das invenções mais importantes da humanidade foi a imprensa; a capacidade de imprimir em papel o pensamento. Ligada diretamente a esta vem a invenção dos veículos portadores de notícias, cujo nome assumiu o mesmo do aparelho que o imprimia: Imprensa. Hoje chamamos Mídia, pois o compartilhamento de notícias ultrapassou os limites do papel e tornou-se radiofônico, televisivo e digital.

O romantismo dos jornais antigos, permanece e a cada dia mais cresce em pesquisadores e admiradores. O desgaste destes jornais impede que eles sejam consultados em suas edições materiais, mas a Internet permite um compartilhamento digital que favorece a pesquisa.

O Brasil tem um dos melhores sistemas de consulta de jornais antigos. Tenho feito uso frequente dos arquivos disponibilizados pela Biblioteca Nacional no link: http://bndigital.bn.gov.br/hemeroteca-digital/ e a não menos excelente Biblioteca pública de Santa Catarina no link: http://hemeroteca.ciasc.sc.gov.br/ cujo acervo abrange diversos períodos e tendencias da imprensa nacional e catarinense.

A pesquisa nestes serviços é intuitiva, rápida e fácil, dispensa tutorial. Entretanto, se alguém tiver dificuldades ou dúvidas poderá me perguntar como fazer para percorrer este maravilhoso repositório de informações e dados.

Em pesquisa realizada no segundo site (http://hemeroteca.ciasc.sc.gov.br/) encontrei dois exemplares de jornais publicados na nossa Colônia Militar Santa Thereza, hoje Catuira. Tratam-se de exemplares dos jornais “DER KOLONIST” – Sta. Thereazer Gemeinwblatt – Colonia Santa Tereza 1921: n.02:set e “MITTEILUNGEN: des Evang. Pfarramtes Santa Thereza in Brasilíen” -Santa Tereza – 1921: n.01:jul.

Os jornais poderão ser lidos diretamente no link mencionados acima ou através do visualizador deste jornal online logo abaixo:

jornal-alemao-santa-thereza

 

Deixe um comentário sobre a notícia!