APAE: Uma inauguração emocionante

Quarta feira pela manhã recebi um telefonema me convidando para a inauguração do Centro de Convivência, Cultura, Esporte e Lazer da APAE. Achava que seria uma pequena cerimônia, mas pude presenciar uma inauguração que mexeu com os sentimentos de muita gente.

A APAE, todos sabemos, resgata a cidadania de pessoas com deficiências de algum tipo. Todos nós somos deficientes em algum ponto, mas aquelas pessoas são um pouquinho mais e não tinham um lugar onde o carinho e a atenção lhes permitisse sentir-se integrados na sociedade..
Para a inauguração estiveram presentes: a PRESIDENTE DA APAE-EUNICE FRANZ WAGNER; o AUTO DEFENSOR, ALEX PADILHA; a PRESIDENTE DO INSTITUTO GUGA KURTEN, ALICE KURTEN; a DEPUTADA ESTADUAL, DIRCE HEIDERSCHEIDT; o VICE-PREFEITO MUNICIPAL, DANIEL CANSIAN, representando o Prefeito Municipal; o GERENTE DE EDUCAÇÃO DA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, IVO SCHMITZ FILHO; a SUPERINTENDENTE EXECUTIVA DO INSTITUTO GUGA KURTEN, SILVANA MEDEIROS; o PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE ALFREDO WAGNER (REPRESENTANTE) VEREADOR JOÃO CONSTANTE DA CRUZ; a SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DE ALFREDO WAGNER, ALBERTINA MARQUES ROVER; a INTEGRADORA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E DIVERSIDADE DA 13°SDR DE ITUPORANGA, CLEUSA MARIA THIESEN; a DIRETORA DA ESCOLA ESPECIAL ESPERANÇA, LÍDIA DE FÁTIMA NASCIMENTO DORIGON. Um grande público composto pela Diretoria da APAE, simpatizantes e apoiadores da Escola Esperança.
O local, recem terminado, vai servir para as atividades educacionais e eventos organizados pela APAE de Alfredo Wagner. Aliás, você precisa visitar as instalações da Escola Esperança na Catuíra. É impressionante a limpeza e o clima de respeito e carinho que lá se respira.
Voltemos à inauguração. Após o canto do Hino Nacional e do Hino da APAE, os alunos fizeram uma apresentação artistica e deram o melhor de si, com muita alegria, muita humildade e muita confiança. Ter limitações nos traz esta grande vantagem: sermos humildes. Quem não é humilde não vê como é limitado!
As professoras… ah, as professoras! Algumas corriam de um lado para outro procurando ver o que faltava para a organização, providenciando para deixar tudo em ordem. Outras permaneciam por perto dos alunos, nem tanto para manter a ordem, mas para auxiliá-los em algo que eles precisassem, pois afinal a casa deles estava cheia de gente.
Não falarei das grandes damas de nossa sociedade, Dona Eunice, Dona Lídia, Dona Albertina, pois nós as conhecemos e sabemos como são autruístas e dedicadas para com a juventude e as pessoas menos favorecidas.
Também não falarei das autoridades presentes que todos conhecemos o Vice-Prefeito, Daniel Cansian, o Vereador João Constante.
Vou falar de uma mulher que eu não conhecia, Da. Alice Kurten, a mãe de nosso herói das quadras de tenis e fundador do Instituto que leva seu nome: Guga Kurten. O Instituto Guga Kurten através de projetos vem destinando até R$ 70.000 para as APAEs no Estado de Santa Catarina. O Centro de Convivência da APAE da Catuíra recebeu R$ 19.000,00. O dinheiro não é tudo neste mundo! Mas saber administrá-lo e destiná-lo para as causas que realmente merecem, aí sim é sabedoria.
Uma coisa me chamou muito a atenção no discurso que Da. Alice proferiu: ela agradeceu a APAE por aceitar a participação no projeto. Um projeto de grande envergadura que vai atingir mais de 120 APAEs em todo o Estado. Em seu curto discurso pudemos perceber toda sua cultura e humildade.
Após os discursos houve a inauguração da placa que perpetuará os nomes de todos os que ajudaram para que o projeto se tornasse uma realidade e, em seguida, servido um delicioso coquetel.
Nem tudo foi bonito… e me disculpem os leitores falar sobre isso. Aquela festa, tão linda por seu sentido de reconhecimento e amor, teve seu momento de propaganda politica indireta. Uma certa senhora, em seu discurso, em nenhum momento se dirigiu aos alunos ou às professoras para elogiar o progresso deles e a dedicação delas. Naquele discurso não existia a APAE, existia o partido dela e a subvenção conseguida com nosso dinheiro. Eu não gostei e falo que não gostei.
E as fotos? Pergunta a leitora. Faço questão de destinar um espaço grande para elas pois este evento merece todo destaque.

%d bloggers like this: