Alunos de Jornalismo da Unisul lançam livro sobre o futuro do jornal impresso
6 de junho de 2014

Cerca de 300 pessoas foram entrevistadas, entre 16 e 36 anos, 17 jornalistas e 10 publicitários para realizar a pesquisa, além de resgatar a história da imprensa

paraondecaminhaojornalimpresso01
Livro “Para onde caminha o jornal impresso”

Qual é o futuro do jornalismo impresso? Qual é o perfil do seu leitor? O jornal impresso irá resistir à tecnologia? Estas três perguntas foram norteadoras para a produção do livro Para onde caminha o jornal impresso, lançado pela editora Unisul. A obra foi escrita por alunos do curso de Jornalismo da Unisul campus Pedra Branca. Cerca de 300 pessoas foram entrevistadas para a conclusão desta pesquisa.

O livro é o resultado dos estudos, pesquisas e debates realizados na disciplina jornalismo em Impressos, ministrada pelo professor e orientador da publicação Laudelino José Sardá. Para ele, o livro mostra as diversas opiniões sobre o futuro do jornalismo impresso. “Os alunos foram estimulados a pensar o jornalismo impresso de hoje na perspectiva do médio e longo prazo e o que necessariamente precisa mudar para que haja sinais de sobrevivência. Além disso, é importante para os estudantes já ensaiarem os primeiros passos como autores”.

A obra tem 137 páginas e é composta por artigos de alunos (um deles é Fernanda Amaral, Redatora do AcontecendoAqui) e membros do curso sobre o futuro do jornalismo, história da imprensa brasileira desde o Império até os dias atuais. Para entender quem é o público do jornal impresso e as expectativas sobre o seu futuro, os autores entrevistaram 17 jornalistas e 10 publicitários, entre eles o dono do AcontecendoAqui, Jailson de Sá, e produziram uma enquete com 300 pessoas, de 16 a 36 anos, com as seguintes perguntas: Você lê jornais impressos? Quantas vezes por semana? Como seria o jornal capaz de motivar mais a leitura? Você gosta de livros impressos? Quantos livros você lê por mês? Você lê e-books? Você lê sites de jornais? O impresso sobreviverá às facilidades da internet? O resultado da pesquisa mostrou o baixo índice de leitura dos entrevistados e sobre os questionamentos sobre o futuro do impresso. 39,7% dos entrevistados acreditam que o impresso sobreviverá às facilidades da internet.

A publicação produzida pelos alunos da 4ª fase de jornalismo da Unisul, Pedra Branca, tem como autores: Alexandre dos Santos Teixeira, Ana Luiza da Silveira, Bruna de Moraes Silva, Fernanda Amaral Silveira, Marcos Lampert Horta Gonçalves, Maria Eduarda Silveira da Silva, Nathalia Soria Pereira, Ricardo Toledo, Sara Helen de Espíndola, Thaís Gomes Teixeira e Thuanny Hoffmann.

Mais informações sobre o livro através do e-mail rb.lusinu@arotide ou pelo telefone (48) 3279-1088. A obra terá distribuição gratuita.

 

Posted in Sem categoria